Alguém quer me adotar?

Oi, oi!!!! =)

Eu demorei pra escrever porque estava juntando forças para contar minha tragédia. Mas, dramas à parte, primeiro vou contar as partes boas.

Eu fui pra Itália!!! =D A viagem foi bem legal. Desembarquei no aeroporto de Veneza no dia 17 de novembro, de noite.  Logo no dia seguinte, Marco, Giovani (que é amigo dele) e eu fomos de carro para Roma. A viagem é um pouco longa (quase 6 horas), mas eu adorei a paisagem, principalmente a Toscana. Em Roma, vimos um monte de pontos turísticos: o Coliseu, a Fonte de Trevi, a Praça da Espanha, o Vaticano, o Castelo de São Ângelo, o Fori Romani… De tudo, o que eu mais gostei foi o Vaticano. É humanamente impossível não se impressionar com a grandiosidade do lugar. Dá pra sentir a aura de poder que envolve a Igreja Católica só de olhar para o Vaticano. Tudo é tão bonito que chega a oprimir. O túmulo do apóstolo Pedro é simplesmente gigantesco. Além disso, tem a Pietà, o teto, a cúpula, as estátuas, as pinturas, o piso… Até me deu vontade de ser católica.  Eu só me lembrava de tudo que eu já tinha lido sobre as atrocidades que a Igreja cometia na Idade Média. De repente, tudo fez sentido e eu entendi porque as pessoas apoiaram a Igreja por tanto tempo. O suporte da Igreja Católica naquela época era o medo e a admiração que ela exercia. É fácil acreditar em dogmas quando á alguém tão poderoso que está te dizendo que aquilo é verdade. É quase impossível encarar aquela estrutura de poder gigantesca e questionar sem ter um pé atrás. Lutero foi um homem muito corajoso, de verdade.

Roma é uma cidade que mistura o novo e o velho. O Coliseu, por exemplo, fica numa rua que tem um trânsito super movimentado. Em Roma você vê muito bem a evolução da história. Um prédio super moderno fica ao lado de uma coisa milenar. Os pontos turísticos são bonitos, mas eu achei Roma feia. As ruas são sujas, os prédios são pixados, a cidade é muito poluída, o trânsito é infernal e só existem duas linhas de metrô, sendo que só presta a que vai pro Vaticano. Algumas das ruas de Roma são tão mal encaradas que eu nunca andaria por elas se estivesse em Salvador, por exemplo.

Depois que voltamos pra cidade de Marco, fomos em Veneza. A cidade é simplesmente encantadora. Dá vontade de tirar foto de tudo. Foi a cidade mais bonita que eu já vi até hoje. Só dá pra andar a pé ou de barco porque toda a cidade é cortada por canais. São vários canais, várias pontes… Todos os prédios são antigos. Dá pra você se transportar no tempo. Enquanto Roma é uma cidade que mistura o novo e o velho, Veneza conseguiu se preservar no passado.

Eu coloquei algumas fotos no orkut, se vcs quiserem ver…

Bom, agora vem a parte trágica da história. Eu voltei da Itália no sábado de noite e viajei para a Alemanha na terça de manhã. Saí de Alcalá às 4 da manhã porque o vôo era às 6. Cheguei em Berlim às 8. Acontece que eu não pude entrar na Alemanha porque a polícia alemã entendeu que eu estava ilegal. 

Explicando… Em Salvador, me concederam um visto de um ano para estudar na Espanha. Esse visto precisa ser confirmado na políca espanhola até um mês a partir da data de entrada no país. Eu fui na polícia, mas eles só tinham vaga para essa tal confirmação em março de 2008. Me deram, então, um papel com a data marcada e me disseram que eu podia, com esse “resguardo”, fazer tudo. Acontece que eu não podia. Para viajar pela União Européia é preciso ter o visto confirmado e foi por isso que a polícia alemã me barrou.

Contando a história em detalhes, o policial virou pra mim e falou “vc tem que voltar para a Espanha no primeiro vôo, que é às 4 da tarde e o vôo custa 150 euros”. Eu perguntei se eu não podia procurar um vôo mais barato e ele disse “vc ainda deu sorte que eu tô te mandando pra madrid. O primeiro vôo é para Barcelona. Mais alguma pergunta?”. Aí eu perguntei se podia ligar pra a embaixada brasileira. Falei com a mulher da embaixada e ela me disse que a Alemanha tá implicando com os brasileiros mesmo, que tinha acontecido a mesma coisa com outros dois brasileiros no dia anterior. Ela ainda conversou com o policial, mas ele riu da cara dela e mandou ela mandar um fax pras autoridades alemãs reclamando do que ela não tinha gostado. Fui obrigada, então, a assinar um documento que dizia que eu estava ciente de que estava sendo acusado do crime de “entrar na alemanha com documentação irregular” e me nomearam uma defensora pública, pra o caso da alemanha resolver instaurar um processo contra mim. Nessa hora, o policial ainda falou “eu poderia colocar aqui que vc nunca mais poderia entrar na Alemanha, mas vou ser condescendente com vc”. Comprei a passagem e passei pelo detector de metais (tudo isso com dois policais gigantes na minha cola e todo mundo olhando). Me revistaram dos pés à cabeça e a mulher do detector me perguntou “vc fala que linguas”. Eu respondi “portugues, espanhol e ingles”. Ela, entao, falou pra o policial, em alemao, “coitadinha, tão bonita, mas vai ter que voltar pra casa”. Eu, com meu alemao ridiculo, entendi a ironia, mas n falei nada. Quando finalmente cheguei naquela salinha em que se espera o vôo, o policial falou pra mim “eu tenho seu passaporte e sua passagem. Vc não pode sair daqui. Te pego às 4 horas pra te colocar no avião”. Fiquei lá de 11 da manhã até 4 horas, sem fazer absolutamente nada. Só tinha uma burger king, dois free shops e uma banca de revistas. O resultado foi que eu cheguei em Alcalá 8:30 da noite, completamente destruida porque mal tinha dormido na noite anterior. Foi um dia simplesmente horroroso. Eu tinha que falar com o policial em ingles, em meio ao nervosismo e ao choro (eu juro que tentei, mas não conseguia parar de chorar). Além disso, perdi 150 euros e mais as passagens para Bruxelas e para Amsterdã. =/ Eu sou um caso de caridade, alguém quer me adotar??

Bom ainda tenho coisas para contar, mas deixemos para um outro post porque esse já tah muito grande…

Bjo!!!!! =)          

1 Response so far »

  1. 1

    LoL said,

    Puta que pariu!! Tem tanta gente morrendo de fome ou em situações de tragédia, e alguém aí conta uma” historinha de patricinha mal sucedida”, e acha que é demais isso??
    Ahh… vá se catar!!!
    Vá passar trabalho e ver o que é TRÁGICO mesmo!!


Comment RSS · TrackBack URI

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: